OBSERVATIVO 26, SETEMBRO DE 2015