Superlua x Chuva de Meteoros Geminídeas

A noite do dia 13 para 14 de dezembro nos reserva dois belos espetáculos celestiais. Nesta noite teremos a última série de Superluas do ano e também o máximo da última grande chuva de meteoros do ano, a Geminídeas!

As Geminídeas são geralmente brilhantes e intensamente coloridas. Devido à sua lenta velocidade média, rastros persistentes não são vistos normalmente. São esperados cerca de 120 meteoros por hora riscando o céu. Porém, o brilho da Lua Cheia vai reduzir drasticamente essa contagem em pelo menos 5 vezes, segundo o IMO.

O melhor horário para observação é cerca de uma hora antes do nascer-do-sol. Porem, a partir de 22h já é possível sua observação.

Chuva de meteoros é um evento em que um grupo de meteoros (popularmente conhecidas por "estrelas cadentes"), são observados irradiando de uma mesma região do céu.  Até a Idade Média eram fenômenos frequentemente apreciados - e as vezes até amedrontavam, os mais diversos povos do mundo. Com a Revolução Industrial e o aumento da luminosidade esta conexão com nosso antepassados quase não existe mais. Para resgatar esta conexão e não perdermos nossas heranças culturais, temos que nos deslocar para lugares distantes das cidades.

Uma opção, para moradores de Vitória, é ir observar a Superlua nessa terça-feira, a partir das 18h, no Parque da fonte Grande.

Se o tempo permitir estaremos lá, aproveitando para observar os planetas Vênus e Marte.